Sinopse: Símbolo de boa sorte na Eslovênia, as bruxas estão em toda parte. Numa das viagens da autora Regina Drummond àquele país, ela ficou fascinada com uma bruxa vestida de noiva. Essa figura especial faz parte da tradição de algumas regiões do país: no dia do casamento, a melhor amiga deve presentear a noiva com uma bruxa noiva, que será encarregada de zelar pelo novo lar e deve ser colocada de frente para a porta de entrada. Como Regina é apaixonada pelo amor e por ver as pessoas juntas e f
Zit Editora
Product ID: 3572
Product SKU: 3572
New In stock />
A Bruxa Casamenteira

A Bruxa Casamenteira

Marca: Zit Editora Referência: 9788579330476 Data de Lançamento: 26/11/2018

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete

Sinopse:

Símbolo de boa sorte na Eslovênia, as bruxas estão em toda parte. Numa das viagens da autora Regina Drummond àquele país, ela ficou fascinada com uma bruxa vestida de noiva. Essa figura especial faz parte da tradição de algumas regiões do país: no dia do casamento, a melhor amiga deve presentear a noiva com uma bruxa noiva, que será encarregada de zelar pelo novo lar e deve ser colocada de frente para a porta de entrada. Como Regina é apaixonada pelo amor e por ver as pessoas juntas e felizes, acabou ganhando o apelido de bruxa casamenteira, porque adora apresentar seus amigos solteiros uns aos outros. Foi assim que nasceu a história da Bruxa Miriana, A bruxa casamenteira que vai aprontar muitas situações divertidas. Venha se encantar com seus feitiços de amor.

 

Temas:
Bruxas; Casamento 
 

Gênero:
Nacional; Literatura; Ficção.
 

Literatura:
Infanto-juvenil
 

Autora: 

Regina Drummond

 

Ilustradora:
Carol W.

 

Páginas
36


Acabamento:

Brochura

 

ISBN:

978-85-7933-047-6 1

 

Ano de Edição:
2012

Idioma:
Português
 

Produto Digital:
Não


Dimensões:

17 x 23 cm

 

Editora:
Zit Editora

 

Sobre as autoras:

Regina Drummond acredita que nossos gostos já nascem conosco e nos acompanham pela vida afora. Sempre tive paixão por livros, histórias, bruxas e viagens. Isso quer dizer que, desde pequena, adorava ler e inventava histórias para contar para os meus irmãos menores (e para as visitas, naturalmente). As bruxas eram as personagens principais! Elas viviam viajando pelo mundo afora e se metendo em confusões e aventuras inesquecíveis.

Começou a escrever assim que aprendeu as primeiras letras e já intuía as fantásticas possibilidades que a literatura oferece, pois seu sonho era ser escritora. Uma escritora bruxa viajante, é claro!

Quando percebeu que escrever é uma grande viagem, cujos ingredientes (sem receita!) precisa buscar na fantasia e mexer no caldeirão, descobriu quem realmente era. Visite o site www.regina-drummond.de.

 

Carol W. como toda criança, desenha desde muito pequena, quando criava séries de desenhos nada convencionais.

O tempo passou e nas aulas da pré-escola descobriu o papel machê. Muitos anos depois, já na Faculdade de Artes, pesquisando livros de sua mãe, reencontrou esta técnica e depois disso nunca mais parou.

Uma técnica forte, rústica, mas que ao mesmo tempo permite formas delicadíssimas.

Trabalha há mais de 15 anos com a técnica do papel machê pela qual é apaixonada, além de ilustrar, pintar e fazer xilogravuras.

Teve trabalhos expostos em São Paulo (2010), Minas Gerais (2009), e Rio de Janeiro (2006). Foi uma dos 80 artistas selecionados para participar da primeira edição da mostra CowParade em Porto Alegre (2010).

Ministrou diversas oficinas de papel machê pelo Brasil e algumas em Portugal, nas cidades de Lisboa, Porto, Leça da Palmeira e Caldas da Rainha.

Fez quatro exposições individuais ("Vida Doméstica: A Cozinha Animada de Carol W." ? 2004, "Amigos Imaginários" ? 2007, "Meu Reino por um Caramelo!" ? 2009 e 2010 e "Bibelô" ? 2011) e participou diversas exposições coletivas.

A bruxa casamenteira é o segundo livro que ilustra e nele procurou retratar bruxas bem diferentes daquelas que estamos acostumados a ver por aí. As bruxas deste livro são lindas, coloridas, alegres e de bem com a vida!

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

    A ESCRITORA 

     

    Acredito que nossos gostos já nasçam conosco e nos acompanhem pela vida afora. No meu caso pessoal, sempre tive paixão por livros, histórias, bruxas e viagens. Isso quer dizer que, desde pequena, eu adorava ler e inventava histórias para contar para os meus irmãos menores (e para as visitas, naturalmente).

    Nem preciso acrescentar que as bruxas eram as personagens principais! Elas viviam viajando pelo mundo afora e se metendo em confusões e aventuras inesquecíveis.

    Comecei a escrever assim que aprendi as primeiras letras e acho que já intuía as fantásticas possibilidades que a literatura oferece, pois meu sonho era ser escritora. Uma escritora bruxa viajante, é claro!

    Quando percebi que escrever é uma grande viagem, cujos ingredientes (sem receita!) preciso buscar na fantasia e mexer no caldeirão, descobri quem realmente sou. 
    Regina Drummond

     

     

    A ILUSTRADORA

     

    Como toda criança, desenho desde muito pequena, quando criava séries de desenhos nada convencionais.

    O tempo passou e nas aulas da pré-escola descobri o papel machê. Muitos anos depois, já na Faculdade de Artes, pesquisando livros de minha mãe, reencontre esta técnica e depois disso nunca mais me separei dela. Uma técnica forte, rústica, mas que ao mesmo tempo permite formas delicadíssimas.

    Trabalho há cerca de 15 anos com a técnica do papel machê pela qual sou apaixonada, além de ilustrar, pintar e fazer xilogravuras.

    Já tive meus trabalhos expostos em São Paulo (2010), Minas Gerais (2009) e Rio de Janeiro (2006). Fui um dos 80 artistas selecionados para participar da primeira edição da mostra CowParade em Porto Alegre (2010).

    Também realizei trabalhos para agências de publicidade, além de já ter realizado diversas pinturas em paredes de agências e de web design, shoppings, consultórios, lojas e eventos. Ministrei diversas oficinas de papel machê pelo Brasil e algumas em Portugal, nas cidades de Lisboa, Porto, Leça de Palmeira e Caldas da Rainha, locais pelos quais guardo um carinho muito especial.

    Fiz quatro exposições individuais ("Vida Doméstica: A cozinha animada de Carol W." - 2004, "Amigos imaginários" - 2007, "Meu Reino por um Caramelo!" - 2009 e 2010 e "Bibelô" - 2011) e participei de diversas exposições coletivas. 

    A bruxa casamenteira é o segundo livro que ilustrei e nele procurei retratar bruxas bem diferentes daquelas que estamos acostumados a ver por aí. As bruxas deste livros são lindas, coloridas, alegres e de bem com a vida!

    Carol W.

    Confira também