Sinopse:As sogras tradicionalmente são vítimas de piadas e consideradas possessivas e intrometidas, mas será que elas são tão más quanto sua reputação sugere? Luisa Dillner vai além do estereótipo e apresenta sogras famosas e casos e relacionamentos interessantes para lembrar que, por mais adoráveis ou chatas que sejam, precisamos conviver com elas.A maioria de nós tem uma sogra, ou já é, ou ainda será uma. Esse não costuma ser um papel que as mulheres assumem com alegria. As sogras também têm
Tinta Negra
Product ID: 3738
Product SKU: 3738
New In stock />
O Livro das Sogras

O Livro das Sogras

Marca: Tinta Negra Referência: 9788563876171 Data de Lançamento: 26/11/2018

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete

Sinopse:
As sogras tradicionalmente são vítimas de piadas e consideradas possessivas e intrometidas, mas será que elas são tão más quanto sua reputação sugere? Luisa Dillner vai além do estereótipo e apresenta sogras famosas e casos e relacionamentos interessantes para lembrar

que, por mais adoráveis ou chatas que sejam, precisamos conviver com elas.
A maioria de nós tem uma sogra, ou já é, ou ainda será uma. Esse não costuma ser um papel que as mulheres assumem com alegria. As sogras também têm sido alvo de piadas e pivô de

disputas e intrigas familiares.

O livro das sogras traz um olhar diferente sobre essas figuras tão presentes em nossas vidas.

O escritor John Keats gostava de sua sogra, a sra. Brawne, mas ela o achava louco e desejava

que ele desistisse da poesia. Virginia Woolf, ao contrário, tratava a sogra de forma cruel,

mas a descreveu de forma fascinante, quase simpática, após a morte dela. Já a princesa

Diana continuou a tornar a vida da rainha Elizabeth um pesadelo, mesmo depois de morta.
O livro das sogras vai além do estereótipo e mostra que há tipos diferentes de sogras - das

adoráveis às solitárias, cruéis e conspiradoras. Há as corajosas, tais como a rainha Vitória, que

dividia seu tempo entre o trono inglês e a manutenção da paz familiar quando os reinos de seus genros guerrearam entre si; aquelas um bocado autoritárias, como a atriz Judy Garland, que foi responsável pela escolha do próprio genro; além das amáveis, como a sra. Marie Clemm, adorada por seu genro, o escritor Edgar Allan Poe. Ele gostava tanto dela que foi enterrado ao seu lado.

O livro das sogras revela que, com um pouco de compreensão e uma boa dose de tolerância,

esse relacionamento pode ser muito gratificante para todos.

Temas:
Sogras, família, homenagens, relações com a família, relações humanas

Gênero:
Reportagem

Literatura:
Inglesa (tradução por Lourdes Sette do livro The Complete Book of Mothers-in-Law : A Celebration)

Autor:
Luisa Dillner

Ilustrador:
Stephanie von Reiswitz

Páginas:
320

Acabamento:
Brochura

ISBN:
9788563876171

Ano de Edição:
2011

Idioma:
Português

Produto Digital:
Não

Dimensões:
14x21 cm

Editora:
Tinta Negra

Sobre o Autor:
A médica e escritora inglesa Luisa Dillner é colunista de The Guardian e foi diretora de publicações do British Medical Journal Publishing Group. Colabora para vários jornais e revistas, como Vogue, Cosmopolitan e Observer. A maternidade é um tema recorrente em seus textos que, não raro, são considerados fonte de ideias inovadoras. A autora vive em Londres, com seus quatro filhos.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

    Confira também